O poder da autoimagem e da autoestima na sua vida

Mulher diante de desenho de braços fortes

Compartilhar:

Todo mundo já passou por aquele momento em que recebeu um elogio, mas não acreditou de fato nele, por duvidar da capacidade de si mesmo. Por mais que isso seja comum em alguns momentos da nossa vida, é extremamente prejudicial. E é por isso que o poder da autoestima e autoimagem podem mudar, de vez, e para melhor, as nossas ações.

É interessante paramos para pensar que, muitas vezes, deixamos escapar oportunidades simplesmente por não acreditarmos em nós mesmos. Mas, quando analisamos o contexto mais a fundo, podemos perceber que essas oportunidades provavelmente chegaram até nós por conta das nossas próprias ações.

Por mais que existam inúmeros fatores externos capazes de influenciar nossas próprias oportunidades, muitas vezes cabe a nós abraçá-las ou não. E, para isso, precisamos confiar em nós mesmos e entender que somos capazes sim de realizar algumas coisas em nossas vidas – só assim, podemos mergulhar de cabeça nelas.

Neste artigo, você irá aprender um pouco mais sobre o verdadeiro poder da autoimagem e da autoestima na sua vida. Falaremos sobre como ambas as coisas são essenciais para que consigamos abraçar oportunidades ao longo dos tempos e, principalmente, para que possamos estar de bem com nós mesmos.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

O que é a autoestima?

Para a psicologia, a autoestima está relacionada a uma avaliação subjetiva que uma pessoa faz de si mesma, podendo ser intrinsecamente positiva ou negativa. Em outras palavras, é aquilo que involuntariamente acreditamos ser ou sermos capazes de fazer enquanto seres humanos e como isso afeta nossas ações.

O fato é que a autoestima envolve não apenas crenças autossignificantes como, também, emoções autossignificantes associadas. Tudo isso, no fim das contas, resulta na criação de um estigma sobre nós mesmos que, de certa forma, terá impacto naquilo que fazemos fora da linha dos pensamentos.

Você provavelmente já ouviu falar, em algum momento da sua vida, sobre autoestima baixa. Isso é quando uma pessoa praticamente não acredita em si e naquilo que é capaz de fazer, seja enquanto profissional ou pessoa. Essa baixa crença sobre si mesmo, então, acaba tendo reflexos negativos nas ações.

Isso porque a partir do momento em que não acreditamos naquilo que somos ou podemos fazer, não realizamos ou realizamos pensando que não seremos capazes. No outro passo, uma boa autoestima pode fazer com que abraçamos diversas oportunidades e façamos, involuntariamente, de tudo para cumprir os nossos objetivos.

Qual a importância de ter uma boa autoestima e autoimagem?

Você estuda quatro ou cinco anos, termina o curso superior, tem algumas das melhores notas da turma e foi responsável pelos melhores projetos da sua área na universidade. No entanto, quando recebeu uma proposta de emprego para realizar coisas que já havia feito com perfeição na faculdade, nega por achar não ser capaz de fazer.

Isso é um exemplo bastante comum entre pessoas que têm baixa autoestima ou, até mesmo, sofrem da síndrome de impostor. Em ambos os casos, são pessoas que podem até realizar atividades ou ações com excelência, mas ainda assim, vendo os bons resultados, não acreditam em si mesmas para isso.

Situações assim são extremamente prejudiciais para a nossa vida de uma maneira geral. No mesmo passo, ter uma boa autoestima e autoimagem é importante justamente para que possamos estar bem com nós mesmos a ponto de acreditarmos que somos capazes de desempenhar algumas coisas em nossa vida.

Uma boa autoestima e autoimagem tem reflexos extremamente positivos na nossa vida de uma maneira geral. Isso porque passamos a aceitar boas propostas, realizamos atividades com maior segurança e, até mesmo, nos dedicamos mais aos nossos relacionamentos. Por fim, é essencial para que estejamos bem com nós mesmos.

Leia mais: Autoconfiança: Se você não se ama, não é capaz de amar

Como isso interfere na minha carreira profissional?

Ter uma boa autoestima e autoimagem é essencial não apenas para uma melhor saúde mental como, também, para a nossa carreira profissional. Isso porque, a partir do momento que acreditamos naquilo que somos e podemos fazer, estamos abertos a tentar mais coisas e provar o nosso próprio valor.

Uma pessoa com boa autoestima, no mundo profissional, costuma receber mais propostas de empregos e tem mais chances de crescer em uma empresa. Isso porque as pessoas ao seu redor passam a lhe enxergar como alguém que não apenas está apto a desempenhar tais atividades como também disposto para isso.

Sendo assim, a construção de uma boa autoimagem e autoestima faz com que você seja uma pessoa muito mais confiante. A confiança é essencial no mundo profissional, justamente porque é o que fará com que você cresça de cargo e até mesmo influencie outras pessoas a realizar um bom trabalho.

Dito isso, saiba que uma pessoa com boa autoestima não apenas é mais confiante como, também, assume a responsabilidade pelos seus atos – algo essencial tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Da mesma forma, são essas pessoas que costumam trabalhar duro para realizar algo – justamente porque acreditam serem capazes disso.

Como construir uma boa autoestima?

A pessoa que busca construir uma boa autoestima precisa, primeiramente, saber filtrar os próprios pensamentos. Isso porque pensamentos são como sementes e, a partir do momento em que somos tomados por negatividade, temos mais chances de desempenhar coisas negativas em nossa vida.

Para a construção de uma boa autoestima é importante também fazer uma avaliação real sobre nós, não deixando levar pela negatividade. Sendo assim, analisar tudo aquilo de bom que já fizemos, tanto no âmbito pessoal quanto profissional, e entender como chegamos até lá – e por que não poderíamos realizar de novo?

Além disso, é extremamente importante saber que podemos e somos capazes de realizar muitas coisas. A partir do momento que nos colocamos como alguém disposto a aprender e a tentar, passamos a acreditar muito mais em nós mesmos – e isso tem reflexos muito positivos em nossas próprias ações.

E por último, esteja munido de bons pensamentos e rodeado de boas pessoas. Nós somos moldados por aquilo que pensamos e influenciados por aqueles que estão ao nosso redor. Saber se colocar em um bom ambiente e cultivar bons pensamentos é essencial para a autoestima de uma pessoa.

banner curso fortuna e mente