Lixo emocional: aprenda a fazer um Detox Mental

Cabeça humana com frutas no lugar do cérebro

Compartilhar:

Não é segredo para ninguém que vivemos na era da informação, em que somos bombardeados com notícias quase que 24 horas por dia, sete dias por semana. No entanto, muitas dessas informações nem ao menos são úteis ou, até mesmo, fazem mal para nós mesmos. Com isso, vamos acumulando um lixo emocional – o qual exige um detox mental.

O fato é que passamos boa parte do nosso dia em frente a um computador, televisão ou, principalmente, celular. Com isso, consumimos muitas informações que não queríamos e que, às vezes, acabam tendo impactos negativos em nós mesmos, como a sensação de indignação, tristeza, raiva e por aí vai.

Na medida em que vamos acumulando esses sentimentos negativos, o nosso corpo passa a sofrer de certa forma. Sendo assim, somos minados com crises de ansiedade, ataques de raiva e até mesmo medos de que não costumávamos ter. Situações que demandam muito trabalho para serem revertidas.

Neste artigo, você irá entender um pouco mais sobre como fazer um detox mental para se livrar de vez do lixo emocional acumulado. Além disso, daremos algumas dicas para não apenas limpar a mente de coisas negativas como, também, ser uma pessoa mais seletiva em relação ao tipo de informação que consome.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

O que é o lixo emocional?

Antes mesmo de aprender a como fazer um detox mental, é importante que você entenda o que exatamente é o lixo emocional. Afinal de contas, ambas as coisas estão diretamente relacionadas, visto que uma surge como uma solução para problemas que são causados pela outra.

O lixo emocional é nada mais nada menos do que um agregado de emoções negativas que vamos acumulando com o passar da hora, dia ou tempo de uma maneira geral. Sendo assim, cada uma dessas emoções acaba provocando inúmeros efeitos desagradáveis em nosso corpo, de forma física e mental.

Há inclusive estudos da área da medicina que relacionam os tipos de pensamentos negativos aos efeitos do corpo. Em um deles, por exemplo, é dito que o medo afeta os rins, a raiva o fígado e a tristeza os pulmões. Além disso, tais estudos partem do princípio de que toda emoção do gênero possui uma consequência.

Além disso, sabemos que emoções negativas de uma maneira geral também causam quadros de ansiedade e depressão. Por isso, uma das formas de combater e tentar evitar a formação destas, é justamente através de uma limpeza e filtro mental, visando somente a “entrada” de sentimentos e informações positivos.

O que é o detox mental?

Quando ingerimos algo que não nos faz bem, geralmente somos instruídos a tomar alguns medicamentos ou remédios naturais que provoquem uma desintoxicação. Com isso, as toxinas que vinham causando rebuliço no nosso corpo acabam sendo expelidas, e ficamos “novinhos em folha”.

No entanto, como fazer essa desintoxicação quando ela não está relacionada ao que ingerimos, e sim ao que pensamos e consumimos? É justamente aí que entra o processo de detox mental, que praticamente elimina as toxinas, ou pensamentos negativos, da nossa mente através de uma série de ações.

O detox mental é um processo que não envolve a ingestão de algum medicamento e nada do tipo. Na verdade, estamos falando apenas de uma prática, que nos torna mais conscientes em relação ao que consumimos em relação à informação e, também, como lidamos com os nossos sentimentos.

Dessa forma, vamos fazer uma verdadeira limpeza no nosso cérebro, a ponto de alcançarmos um equilíbrio em que determinadas informações não nos façam mal. Da mesma forma, preenchemos todo o restante com boas notícias que provoquem somente sensações e sentimentos agradáveis.

Como fazer um detox mental e limpar o lixo emocional?

Existem diversas formas efetivas de realizar um detox mental, sendo que a grande maioria envolve um olhar mais apurado para nós mesmos enquanto seres humanos. Uma das maneiras é justamente através da meditação, que age quase como uma ferramenta de limpeza da nossa mente, proporcionando o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

Além disso, outra forma de limpar as coisas negativas que são perpetuadas pela nossa mente é estar rodeado de positividade. Sendo assim, busque se afastar de pessoas que lhe fazem mal ou que lhe minam com péssimas sensações. Sendo assim, tente consumir principalmente boas notícias e conteúdos que lhe alegrem.

Vale ressaltar também que, muitas vezes, é preciso encontrar um equilíbrio naquilo que fazemos e consumimos no dia-a-dia. Sendo assim, não há nada errado em ler uma notícia triste sobre uma realidade atual, mas busque equilibrar essa leitura com outras coisas que lhe provoque boas sensações.

Por último, é preciso aprender a agradecer às pequenas coisas da vida, dando mais valor a detalhes. Coisas como chegar em casa e ter alguém para conversar ou estar perto dos pais, por mais que façam parte da rotina, precisam ser valorizadas. Da mesma forma, é preciso diminuir o hábito de reclamar de absolutamente tudo – o que é negativo para a mente.

Leia mais: Como fazer da meditação espiritual um hábito de vida

O que pode causar uma “intoxicação” em nosso cérebro?

O fato é que, para realizar um detox mental, nós precisamos também entender as coisas que estão nos afetando. Sendo assim, é essencial buscar indícios de atividades ou práticas que estejam causando uma verdadeira “intoxicação” no nosso cérebro para, então, ir atrás de soluções.

Uma das coisas que consumimos frequentemente e que acabam gerando sensações negativas como medo, raiva e tristeza é, sem sombra de dúvidas, notícias ruins e sensacionalistas. Sendo assim, é essencial que evitemos ao máximo esse tipo de informação, ou pelo menos façamos uma balança com outras mais alegres.

Além disso, outra prática que é bastante nociva para a nossa mente de uma maneira geral é a de reclamar. Ao longo do dia costumamos ter o ímpeto de reclamar das menores coisas possíveis, as quais possuem simples soluções. Com isso, vamos enchendo a nossa mente de angústia e raiva – o que deve ser evitado.

Por último, guardar mágoas de alguma pessoa ou acontecimento é uma verdadeira bomba relógio. Isso porque podemos até ir acumulando esses sentimentos, mas uma hora eles irão explodir em ações ou sensações negativas. Sendo assim, não guarde ressentimentos e esteja sempre em busca de equilíbrio consigo mesmo.

banner curso fortuna e mente