Conheça o poder da repetição

Frutas alinhadas simetricamente

Compartilhar:

Por acaso você se lembra da primeira vez que fez uma conta de subtração? Provavelmente deve ter sido algo desafiador, enquanto criança, e que foi seguido por uma série de tentativas e erros. No entanto, depois de um tempo, você percebeu que já não era tão difícil realizar essa operação matemática. Isso, certamente, graças ao poder da repetição.

O fato é que para nos tornarmos verdadeiramente bons em algumas coisas precisamos não apenas estudá-la como, também, repeti-la ao longo do tempo. Afinal de contas, nós não nascemos sabendo fazer determinadas coisas como, por exemplo, escrever, e é o hábito disso que faz com que nos tornemos bons nisso.

Basta parar para analisar a vida de um atleta de futebol, por exemplo. Por mais que ele tenha a sua idade, se ele treina e joga já há alguns anos, certamente ele será melhor do que você no esporte. Afinal de contas, ele dedicou um bom tempo fazendo isso, a mesma coisa, enquanto você não.

Neste artigo, você irá entender um pouco mais sobre o que é o poder da repetição e como colocá-lo em prática na sua vida. Além disso, falaremos também como a adoção de hábitos por longos períodos pode simplesmente lhe transformar, em diversos sentidos, tanto profissional quanto pessoal.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

O que é o poder da repetição?

Quando falamos em poder da repetição, estamos nos referindo a nada mais nada menos do que uma técnica de aprendizado. Apesar do nome poder nos remeter a algo místico das histórias em quadrinhos, na verdade se trata de algo que muitas vezes já está incorporado em alguns pontos da nossa vida – mas que não nos damos conta.

O poder da repetição parte do princípio de que tudo que aprendemos nos é demandado um certo tempo. Sendo assim, o aprendizado leva tempo, mas não à toa, e sim porque é nesse período em que passamos a praticar e praticar determinada coisa, repetidas vezes, até aprender de fato.

O fato é que repetimos determinadas atividades até chegarmos ao ponto de entender e aprender a executá-la da maneira correta. Sendo assim, uma vez que aprendemos algo, já não o executamos com a mesma intensidade do início, visto que o nosso subconsciente armazena as informações necessárias com base na prática.

Sendo assim, o poder da repetição é nada mais nada menos do que a dedicação constante e consistente em cima de alguma coisa. É esse movimento, de praticar algo com consistência, e não apenas uma vez a cada tantos meses, que fará com que cheguemos até o aprendizado – e aprendizado, sem sombra de dúvidas, é um poder.

Um exemplo simples do poder da repetição

O principal ponto do poder da repetição é justamente entender que, a partir do momento que passamos a repetir algo com uma boa frequência, somos capazes de dominá-lo. Isso, de certa forma, está implícito em muitas atividades e processos de aprendizados nossos como, por exemplo, aprender a dirigir.

Qualquer pessoa que aprendeu a dirigir do zero, sem ter nenhuma noção sobre, sabe que o início não é nada fácil. Primeiramente você terá dificuldades motoras em sincronizar o volante com o acelerador, freio e embreagem. Depois, terá ainda mais dificuldades para trocar de marcha da maneira correta.

Depois que aprendeu tudo isso, o desafio será fazer tudo isso em meio ao trânsito de uma cidade, prestando atenção nos carros e pedestres ao redor. No entanto, na medida em que você vai errando e repetindo o processo de trocar de marcha, acelerar, olhar para os dois lados e entender a dinâmica do trânsito, você vai aprendendo a dirigir.

Você pode até não se tornar um verdadeiro piloto de fuga ou algo do tipo, mas depois de um tempo estará trocando as marchas e indo de um lugar para o outro de carro sem nem perceber direito. Por mais que pareça algo simples, isso é nada mais nada menos do que o poder da repetição, ou seja, aprender com base na prática consistente.

Como o poder da repetição pode lhe ajudar a criar novos hábitos?

Como seres humanos, é comum passarmos a negligenciar alguns hábitos importantes ao longo do tempo. Manter uma vida saudável, por exemplo, exige não apenas uma certa frequência de exercícios físicos como também uma alimentação bastante rica em frutas, verduras e legumes.

Sendo assim, a primeira vez que você for para a academia ou comer um legume no almoço, pode não parecer tão interessante. Talvez nem no segundo dia, primeira semana ou primeiro mês. No entanto, a partir do momento que você começa a repetir essas atividades todos os dias, você cria um hábito importante.

O poder da repetição é talvez a arma essencial para a criação de novos hábitos, visto que esses são construídos a partir da consistência de ações. Sendo assim, você não cria o hábito de cozinhar preparando um prato uma vez por semana, mas sim fazendo isso todos os dias ou quase que diariamente.

A repetição é imprescindível para todo e qualquer tipo de aprendizado, e faz muito bem para a vida de uma maneira geral. Se você quer se tornar um leitor assíduo, por exemplo, se force a ler todos os dias em determinado horário. Por um tempo, isso poderá parecer difícil, mas depois, se tornará um hábito.

Leia mais: Como fazer da meditação espiritual um hábito de vida

Não confunda consistência com intensidade

Quando falamos no poder da repetição, é importante ressaltar que estamos nos referindo a realização de algo com uma certa frequência, de maneira consistente. Isso porque é a repetição que leva ao aprendizado e, logo, aos bons resultados – independentemente de quais sejam eles.

Sendo assim, é importante que você não confunda consistência com intensidade. A repetição é realizar uma atividade constantemente, todos os dias. Enquanto a intensidade é realizar uma atividade à exaustão, de forma intensa, mas não necessariamente mantendo uma frequência.

Pode ser que consistência e intensidade se cruzem durante a repetição de uma atividade, mas uma não é sinônimo da outra. Isso porque, para você ganhar massa muscular, por exemplo, será necessário ir para a academia todos os dias e fazer determinados exercícios de força.

Você só irá alcançar esse objetivo mantendo uma consistência. Não adiantará de nada, então, ir para a academia uma vez por mês e pegar o dobro do peso que você pega em um dia comum. Nesse caso, você estaria sendo intenso, mas não desfrutaria dos benefícios do poder da repetição, que leva ao aprendizado.

banner curso fortuna e mente