A poderosa autodisciplina

Pessoas em atividades disciplinares

Compartilhar:

E agora chegou a vez da poderosa autodisciplina

No último artigo passei algumas dicas importantes para você desenvolver a autoconfiança e apontei como fica mais fácil fazer com que ela vá crescendo a cada dia, se você se dedicar a se conhecer melhor e identificar seus verdadeiros valores e seus pontos fortes.

Hoje vamos falar sobre uma característica que transforma pessoas comuns em pessoas que se destacam nas suas escolhas: a autodisciplina.

Eu vivi a vida inteira com cirurgiões experientes, renomados médicos especialistas, conheci grandes líderes corporativos, palestrantes, executivos de vendas e vários outros profissionais brilhantes e observei que todos eles procuravam buscar atingir a excelência em suas atividades profissionais.

Observei também que todos eles procuravam disciplinar seus pensamentos para criar o hábito de performar de forma excelente. É meus amigos, essa é uma das principais marcas das pessoas que alcançam seus objetivos profissionais e pessoais na vida, elas precisam criar uma rotina de aprendizado se quiserem conquistar novas habilidades e novos patamares de vida.

Eu vivo falando para os meus mentorados, para os meus leitores e seguidores do portal Fortuna&Mente sobre o poder da repetição para realmente ficarmos craques em uma atividade e, sem dúvida, essa é uma habilidade que me ajudou a subir tantos degraus na minha vida! (Agora mesmo, dei uma pausa aqui no aprimoramento da palestra que vou fazer na FIA/SP, com o tema “Velho é o que você pensa!”, para escrever esse artigo para vocês aqui no blog. É! Eu estou há mais de quinze dias alinhando temática, design da apresentação e verificando como posso ser mais objetivo e assertivo para que essa palestra possa fazer alguma diferença na vida de quem for assisti-la.)

Nas minhas tantas andanças mundo afora, percebi e continuo percebendo que a maioria das pessoas desconhece uma boa rotina para aprimorar a forma como faz qualquer coisa. Então vamos lá, por que eu vou desvendar esse mistério para vocês. Primeiro de tudo, você precisa querer fazer o que está fazendo, depois precisa buscar novas informações para complementar o seu aprendizado, absorver esse novo conteúdo e… REPETIR, REPETIR e REPETIR.

Desta forma podemos aprender um novo idioma, fazer uma receita culinária, dirigir moto, esquiar na neve e melhorar o desempenho nas vendas. Portanto, seguindo esse raciocínio, também podemos aplicar essa mesma forma de aprendizagem nas atividades que possam nos ajudar a conquistar os objetivos mais desejados da nossa vida.

Leia mais: Você pode mudar sua vida mas precisa querer e começar

A autodisciplina nada mais é do que um exercício mental

É você no controle de seus pensamentos e emoções, sobrepondo-se às informações já armazenadas no seu subconsciente. Sim! É através da repetição implacável que você vai criar novos cenários em seu subconsciente, que vão resultar na criação de uma nova autoimagem, com novos hábitos que te levarão aonde você̂ quiser.

Pessoas disciplinadas chegam aonde pessoas indisciplinadas não chegam

E digo isso pelo simples fato de que as pessoas disciplinadas, de tanto praticar, automatizam mentalmente as ações que as levarão para o sucesso. Elas praticam essas atividades de forma quase que automática, podendo focar sua criatividade e imaginação em tarefas as quais fazem delas pessoas diferenciadas, e por consequência, mais prósperas.

Outro ponto muito importante de destacar é que a autodisciplina gera constância. E, é a constância que transforma nossas vidas, porque não existe sucesso ou prosperidade da noite para o dia.

Se você quer ser um vencedor de verdade, precisa de constância em qualquer atividade que realiza ou pretende realizar.

Anota aí para não esquecer mais:

“Sou um vencedor, claro que eu consigo fazer isso. Eu já pratiquei e ensaiei inúmeras vezes e sei muito bem o quê fazer e como fazer.”

E aqui vão três ações práticas para te inspirar a se transformar em uma pessoa autodisciplinada

  1. Liste pelo menos três tarefas necessárias, mas que por considerá-las desagradáveis por algum motivo, simplesmente as deixou para trás. Dê a cada uma dessas tarefas uma data de conclusão, depois comece e termine cada uma. Começar imediatamente a colocar a mão na massa em tarefas desagradáveis reduz o estresse, a tensão e deixa uma sensação de que soltamos a roda presa e estamos seguindo em frente com os nossos objetivos de vida.
  1. Quando você visualizar o que tanto deseja para a sua vida, imagine a cena e o cenário com o máximo possível de detalhes como se de fato, eles fossem reais. Por exemplo, se a meta é palestrar para um grande público, imagine você com uma aparência elegante e firme, feliz da vida sendo aplaudido de pé. (É isso que estou imaginando que vai acontecer comigo lá na FIA.)
  1. Seja ousadamente persistente em ensaiar para conquistar seus objetivos. É no ensaio que a gente percebe o que podemos aprimorar, trabalhando melhor os nossos pontos fracos. É no ensaio que a segurança vai aumentando proporcionalmente ao esforço empreendido.

Ensaiar é como uma rede de segurança. Mesmo que na hora “h”, você faça tudo diferente, vai fazer com segurança, justamente porque ensaiou.

Agora seja sincero(a), depois de ler esse texto, responda pra você mesmo(a): “será que eu tenho a autodisciplina necessária para conquistar o que desejo na vida ou posso ensaiar mais?

Capa do livro Sua Mente, Seu Poder