3 passos para reprogramar crenças limitantes

Mulher rompendo corrente

Compartilhar:

Em algum momento da sua vida você provavelmente ouviu alguém lhe dizer: “essa mentalidade não te levará a lugar algum”. Por mais que possa parecer besteira, realmente alguns pensamentos não são positivos para o nosso crescimento. Sendo assim, é preciso aprender a reprogramar crenças limitantes, transformando-as em impulsos benéficos.

O fato é que, ao longo da nossa vida, muitas vezes deixamos de fazer algo por simplesmente acreditar que não vale a pena ou não há solução. Sendo assim, perdemos oportunidades e até mesmo experiências que, de certa forma, podem ser extremamente úteis para a nossa formação enquanto pessoas.

Da mesma forma, existem momentos em que deixamos escapar oportunidades por não acreditarmos em nós mesmos. São pequenas crenças como “não sou capaz”, ou “acho que não vale a pena nem tentar” que faz com que percamos momentos essenciais, que poderiam vir a ser cruciais em nossa vida.

Neste artigo, você irá aprender um pouco mais sobre como reprogramar crenças limitantes e fazer com que elas sejam transformadas em verdadeiros impulsos. Além disso, falaremos também sobre como aquilo que pensamos tem um impacto significativo em nossas ações e que, por isso, merecem uma atenção especial.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

Antes de aprender a reprogramar crenças limitantes, entenda o que elas são

Antes mesmo de aprender a reprogramar crenças limitantes, é importante que você entenda o que elas são. Isso porque partimos do princípio de que o ser humano nasce como uma folha em branco que, ao longo da vida, vai sendo preenchida com base nas experiências e relações de uma maneira geral.

São essas experiências, relações, interpretações sociais e consciências sociais que vamos adquirindo ao longo da vida que vão moldar as nossas crenças. Essas, por sua vez, irão determinar a forma como enxergamos o mundo de fato, assim como nossas ações e até mesmo emoções.

Quando falamos em crenças limitantes, então, estamos falando de crenças que irão limitar as nossas ações e experiências ao longo da vida. São coisas em que acreditamos ou interpretações que farão com que deixemos de aprender sobre algo novo, experimentar algo diferente ou perder uma oportunidade.

Sendo assim, se você tem crenças limitantes enquanto profissional, terá problemas na sua vida profissional. Isso porque aquilo que você acredita ser verdade fará com que situações compatíveis sejam atraídas até você, por meio das suas próprias ações, que muitas vezes são quase que involuntárias.

Como as crenças limitantes são formadas?

O fato é que ninguém nasce sendo negativo em relação a algumas questões ou, até mesmo, preconceituoso. Como já citado anteriormente, nascemos como uma folha em branco que ao longo do tempo vai sendo preenchida com informações, as quais se tornarão crenças. Mas, afinal de contas, como as crenças limitantes são formadas?

As crenças limitantes são formadas a partir daquilo que vemos, sentimos e ouvimos ao longo da vida. Essas determinadas experiências, quando repetidas inúmeras vezes, acabam sendo registradas pelo nosso cérebro, que fará com que ela seja enxergada como uma verdade para nós.

É uma questão básica de associação. Se desde pequenos somos expostos a conteúdos que falam que pessoas com bigode são ruins, e isso é alimentado por uma ou duas experiências pessoais negativas com pessoas com bigode, passaremos a ter uma crença limitante de que qualquer um com essa característica é ruim.

Para reprogramar crenças limitantes, é extremamente importante que a pessoa esteja por dentro desse conceito de formação. Isso, inclusive, é essencial para quem é pai e não quer que seu filho cresça com visões deturpadas e negativas sobre coisas boas no mundo. Para isso, é preciso fazer com que ele não forme tais crenças, com base em suas experiências.

Leia mais: Crenças Limitantes

3 passos para reprogramar crenças limitantes

Existem algumas formas para reprogramar crenças limitantes, ou seja, acabar de vez com pensamentos que fizeram com que você perdesse experiências ao longo da vida. Entender como isso funciona é essencial para que possamos ser pessoas cada vez mais abertas a novos diálogos e oportunidades.

Na grande maioria das vezes, pessoas com crenças limitantes são pessoas com pensamentos retrógrados ou que simplesmente não cresceram na vida. Desconstruir essas ideias, alimentada por estas com bases em vivências negativas, é imprescindível para construir até mesmo um mundo melhor.

Dito isso, confira logo os 3 principais passos para reprogramar crenças limitantes:

• Assuma a responsabilidade daquilo que acontece com você

O primeiro passo para quem busca reprogramar suas crenças limitantes pode parecer um pouco difícil, mas essencial. Estou falando de assumir a responsabilidade das coisas que acontecem com você mesmo, ou seja, reconhecer que foi você que atraiu tal acontecimento negativo para a sua vida.

Isso não pode ser levado ao pé da letra, visto que muitas vezes realmente somos afetados pela incompetência dos outros. No entanto, é preciso entender que a grande maioria das coisas que acontecem conosco é decorrente dos nossos atos. Sendo assim, se somos capazes de atrair isso, também somos capazes de modificá-lo.

• Agradeça por tudo que acontece com você

Você já ouviu falar que pensamentos positivos atraem acontecimentos positivos? Pois então, isso tem tudo a ver com o segundo passo para reprogramar crenças limitantes, que é agradecer a tudo que acontece com isso. Isso é essencial para que possamos emitir boas vibrações que venham atrair bons acontecimentos.

Sendo assim, é necessário se esforçar para nos preenchermos de felicidade e gratidão por cada pequena coisinha que nos é dada, antes mesmo de alcançar um grande objetivo. Por isso, contemple o presente e tudo aquilo que vem com ele, como se o seu objetivo já tivesse sido conquistado.

• Revise as suas crenças internamente

Por último, o terceiro passo para quem busca reprogramar crenças limitantes é nada mais nada menos do que revisar internamente tudo aquilo que você acredita. Sendo assim, duvide de algumas de suas crenças e busque analisar se elas realmente fazem sentido ou se têm limitado algumas ações de sua vida.

Esse é um processo que nem sempre será fácil, visto que irá exigir muita concentração e dedicação. Faça isso frequentemente, reveja os seus próprios conceitos para poder ser movido por novas coisas, a base de positividade.

banner curso fortuna e mente